10 ingredientes essenciais na criação da massa de pizza

Dicas

Listamos dez ingredientes para te auxiliar na fabricação de uma massa de qualidade. Confira!

 

Farinha: ela é o componente estrutural da massa. A farinha de trigo possui proteínas - gliadina e a glutenina – com características funcionais únicas: a formação do glúten. Assim, possui propriedades viscoelásticas, que retém o gás formado durante a fermentação. Atente-se a qualidade da farinha, pois ela faz bastante diferença.

 

Água: a água é também um ingrediente imprescindível na formação da massa. Ela hidrata as proteínas da farinha de trigo, e atua como solvente e plastificante, permitindo que no processo de cozimento ocorra o fenômeno de gelatinização do amido. Além da quantidade adicionada, atente-se ao pH e o peso da água (concentração de minerais presentes) para ter uma boa massa.

 

Fermento: o principal papel do fermento é fazer a conversão de açúcares fermentáveis presentes na massa (CO2 e etanol). Além do crescimento da massa, o fermento a deixa mais elástica. A expansão do volume da massa deixa a crosta mais leve e macia, melhorando o sabor. Outra função do processo de fermentação é evitar o aparecimento de bolhas nas massas.

 
 
 

Sal: ele é indispensável em qualquer pizza. Exerce duas funções básicas: a primeira é de contribuir com o aroma e sabor, e a outra é de se relacionar com as propriedades reológicas da massa, fazendo com que ela fique mais “forte“, aumentando à resistência a extensão do glúten.

 

Açúcar: é um elemento importante por duas razões: serve como fonte de carboidratos fermentáveis para as leveduras, alterando a taxa de fermentação produzindo uma textura suave na parte interna da massa da pizza, e também contribui para melhorar o sabor e o aroma, reduzindo o tempo para escurecimento da massa da pizza, aumentando a durabilidade do produto.

 

Manteiga ou óleo: as gorduras exercem uma ação física: se posicionam entre as camadas de glúten, facilitando o deslizamento entre as camadas. Podemos dizer que elas lubrificam o glúten, resultando em maior extensibilidade das massas. As gorduras também tornam a massa mais macia, além de atuarem no sabor e o valor nutricional.

 

 
 
 

Leite: adicionar leite a massa eleva o poder nutricional da pizza, aumentando à tolerância a fermentação. Isso significa que pode haver maior fermentação da massa sem o rompimento, criando uma crosta mais clara e macia.

 

Ovos: a importância de se utilizar varia com o tipo de massa. O ovo proporciona liga a massa, não deixando que ela fique quebradiça, aumentando a maciez. Quando se adiciona ovo, a massa fica parecida com massa de pão. Adicionar ovo não é errado, porém ela não deixa a massa firme e crocante. Fique a vontade para utilizar de acordo com a textura que queira para seu produto.

 

Temperos e corantes: eles são responsáveis pela acentuação do sabor e da cor da massa, contribuindo para uma diferenciação em seu produto.

 
 
 
 

Aditivos: o uso de aditivos é fundamental para corrigir deficiências da farinha de trigo, permitindo a padronização da qualidade dos produtos finais. Use em dosagens corretas, de acordo com o final que deseja obter.

 

Estes foram alguns ingredientes essenciais que a PIZZATEC selecionou para que você tenha a massa perfeita. Lembramos que cada massa varia de acordo com a região, então se sinta a vontade para criar a sua massa perfeita.

Se inscreva para não perder nenhuma atualização!

 

Para adquirir o nosso forno de pizza, clique aqui.